Fim-de-semana espanhol

          Já devem ter descoberto que este fim-de-semana andei por terras espanholas, pois é! Fui até à capital da nossa vizinha com 5 amigas, como já conhecíamos todas esta cidade espectacular fomos só mesmo passear.


          Sem nenhum destino em concreto andámos a vaguear por las calles españolas, sempre muito divertidas e a fotografar tudo e mais alguma coisa. Como o nosso hostel era mesmo no centro pudemos andar sempre a pé, mas tendo sempre de olhar em frente porque são ruas bastante apinhadas!


         Uma das nossas primeiras paragens foi nas Portas do Sol, um dos locais mais famosas de Madrid, onde está situada a Casa de Correios Real com o relógio onde se espera a meia-noite na passagem de ano e à sua frente, no chão, encontra-se o quilómetro zero de todas as estradas espanholas.



          É também nesta plaza que podemos ver um dos ícones de Madrid: o urso e a árvore, simbolizando a aristocracia e o solo fértil, é a partir daqui que todas as vias rodoviárias são medidas. 


       Daí seguimos para a Plaza Mayor, esta é rodeada por todos os lados por edifícios de 3 pisos e a entrada só é possível por um dos 9 pórticos. 


        Como a fome apertava decidimos parar no Mercado de San Miguel, sendo a sua característica principal o facto de ter sido construído em ferro. Antigamente, na época medieval, era um mercado aberto e em 1916 é que foi inaugurado o mercado "cerrado". Aqui podem deliciar-se com a gastronomia madrilena típica, mas também espanhola de outras cidades e internacional. 





          Já com o paladar aguçado continuámos a nossa excursão por esta cidade cheia de vida, fomos caminhando por entre ruas e ruelas para descobrirmos a sua verdadeira essência, até irmos dar ao Palácio Real de Madrid, a residência oficial do Rei de Espanha. 


         Aí ficámos séculos na galhofa, só ganhando energias para nos movermos para o hostel quando o frio começou a fazer-se sentir. O final deste dia foi marcado por um jantar repleto de comida, muita animação e terminando numa das discotecas mais conhecidas: Kapital. 

Comentários

L. disse…
Já lá fui 2 vezes. Gosto de Madrid. Não gosto é do frio cortante do inverno lá.
Que inveja! ADORO Madrid e pequenos almoços de churros com chocolate quente;)

Para quem gosta de manualidades é uma cidade com muuuita oferta.
aNaMartins disse…
que delicia de fotos :D

Mensagens populares