Vista Alegre - uma empresa, uma marca, uma história

 A semana passada tive a oportunidade de conhecer o universo da Vista Alegre. Digo universo porque não se limita a ser uma empresa portuguesa, sendo uma marca já com quase 200 anos de história, que tem vindo a evoluir e a adaptar-se aos novos tempos.



 Fui até Ílhavo em trabalho, mas quase que pareciam férias. Para começar ficámos hospedados no fantástico hotel, de cinco estrelas, Montebelo Vista Alegre. Além disso tivemos três deliciosas refeições, no restaurante do hotel, e passeámos muito. Quanto a esta última parte quase que parecia uma visita de estudo...conhecemos a fábrica, o bairro dos operários, uma casa para designers, a capela, o museu e o teatro.



 Na fábrica descobri que há peças que demoram um dia e meio a serem feitas, vi as peças de loiça a serem revistadas uma a uma (não podem ter defeitos!), observei artistas a pintarem pratos e quase que me senti mal com o calor que se fazia sentir ao pé dos fornos.



 Tivemos o prazer de conhecer três designers que se encontram na ID Pool, uma casa para novos talentos. As pessoas vão para aquele laboratório criativo criar novos projectos, aliando as suas ideias e o conceito da Vista Alegre, que lhes dá alojamento e alimentação durante três meses. Se no final a Vista Alegre gostar da peça que criaram esta será comercializada e a designer recebe as respectivas royalties.



 Conhecemos também a antiga creche (para os filhos dos operários), onde pintámos um prato (também somos artistas!); o teatro, que neste momento está a terminar as obras; o museu, que também ainda não abriu ao público e a capela, adjacente ao hotel. Também nos foi feita uma visita guiada pelo hotel, quer à parte moderna, quer à parte do palácio.


Comentários

Ana Couceiro disse…
Uah Inês :) Que sorte ás vezes o teu trabalho ser assim...

Mensagens populares