Matateu, petiscar no Restelo

 O almoço de ontem foi num sítio que já queria experimentar há muito tempo: Matateu, uma petisqueira no Restelo, dentro do estádio. Tal como o nome indica ali homenageia-se o jogador de futebol da equipa do Belenenses, por isso tudo o que ali se encontra gira à volta de Sebastião Lucas da Fonseca, o primeiro grande jogador português nascido em África.


 Para aquecimento comemos um excelente pão de mafra (2€), acompanhado de manteigas deliciosas, uma de alho e outra de chouriço, um queijo amanteigado de Azeitão (3,5€) e sticks de massa folhado com parmesão e azeitonas pretas (2€).


 Para pontapé de saída pedimos umas lascas de batata (3€) e bulharacos - bolinhas de alheira acompanhadas com puré de maçã (3€). Ao explicarem-nos o prato o petisco da semana - pipocas de frango - ficámos curiosos e também o pedimos (7,5€). Depois veio um picapau de picanha (7€), com carne tenrinha e muito saborosa, umas batatas fritas (2€) e peixinhos da horta (5,5€). Como somos muito gulosos ainda pedimos uns croquetes (1,7€ a unidade) que, tal como os restantes pratos, vieram quentinhos para a mesa.


 Apesar de já não caber nada nos nossos estômagos não resistimos em pedir sobremesas. Como só há três - mousse de chocolate com amêndoa torrada (4€), leite creme de gengibre (4€) e panacotta com frutos vermelhos (4,5€) -  escolhemos todas e partilhámos. Eram todas deliciosas, mas se tivesse de ordená-las diria que em primeiro fica o leite creme, depois a panacotta e por último a mousse.


 Gostei imenso de tudo o que comi, do atendimento (o empregado era muito simpático e prestável), da decoração do espaço e do conceito. No entanto é preciso gastar muito dinheiro para se provarem vários petiscos, como foi o nosso caso.

Estádio do Restelo
Aberto de 3f a domg, 12h00-15h30 e 19h30-00h00
21 301 11 88



Comentários

Mensagens populares